Legislar está na moda para Portugal | Gerson Ingrês

by gersoningres
2 anos ago
154 Views

Agora estamos na onda de legislar tudo e mais alguma coisa, talvez seja por termos um governo Xuxalista com uma ramificação em Marx e outra em Trotsk. Sinto-me tão perplexo com isto tudo que por momentos apetece-me mandar para o lixo o meu Liberalismo e aderir à época alta da legislação.

E a minha legislação, vai para….

Vou dar umas sugestões de novas leis e impostos (Imposto é tudo o que é imposto ao sujeito), para que o meu lindo governo possa ter ideias novas. Sim, porque os filósofos de esquerda sabem o que é o verdadeiro pensamento empírico.

  • Vamos começar por punir com taxas e impostos extra, todas as pessoas que fazem criação de animais domésticos sem “certificação de criador” (cria-se um certificado novo para poder extorquir e engordar o estado). Existe cada vez mais gente PAN, o que é bom, no entanto existem criadores que só pensam nos animais como negocio, e para mim isso é mau!

Já que em princípio vão querer limitar a participação em touradas eu quero ir mais longe:

  • Os miúdos estão proibidos de jogar video jogos violentos, ver sangue nos jornais, verem cenas macabras na televisão vs Internet e nada de Dragon Ball ou Naruto. Vamos aplicar mais multas, mais imposto.
  • Devia de ser instaurada uma lei do politicamente-correcto, quem estivesse contra a lei era multado. Tipo ditadura, mas como é politicamente-correcto ninguém percebia que era ditadura.  Podiam por fiscais no Facebook e nas redes sociais, que eliminavam comentários e formalizam autos que não sejam adequados perante a nova lei do politicamente correcto. No ensino criava-se uma disciplina incentiva que os acompanharia até ao 12º ano.

Campo da igualdade social (que é tão amada pelos fofinhos)

As casas alugadas têm que ter tectos máximos de renda; o valor das coisas não pode ser sobrevalorizado; não pode haver disparidade entre ordenados e hierarquias; direitos iguais aos dos humanos para todos os animais de estimação; aumentar taxas no tabaco  porque faz muito mal à saúde (e de forma incongruente legalizar as drogas leves incongruências).

Agora, multa para quem não é ecologista:

– Não se pode deitar papeis, pastilhas, beatas de cigarro, cuspir para o chão (dá mau aspecto).

– Coçar os tomates, andar de forma desordenada, escrever o nome com o coração numa árvore, assustar os pombos.

– Dar comidas improprias para os pombos (bolachas, bolos e tudo o que tenha muitos açucares), comer à frente de alguém com fome ou comer no metro ou restantes transportes.

– Fazer grafites nas árvores, pisar a relva e as plantas, matar abelhas (tudo menos esses bicharocos).

Na realidade o que todos queremos são coisas boas e para elas poderem existir, pois eu acho que elas são boas, a tua liberdade tem que acabar.

Quanto maior o estado, maior a sua legislação, menor a liberdade individual. Eu não quero que o estado me diga como eu devo comportar, eu não quero que o estado controle tudo o que eu como ou o que eu penso. Talvez seja por isso que o comunismo está perto do fascismo.

Etiquetas:, , , , , , ,

3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.