No dia em que a Elizabeth Keen morreu | Gerson Ingrês

by gersoningres
3 meses ago
113 Views

Já sei de antemão, que ela não morreu… uma amiga spoilou-me tudo.

Em relação à série: The Blacklist. O que falar sobre esta série?  O que dizer sobre este policial? Comecei a ver o The Blacklist sem pensar muito bem no que ia iniciar. Ao longo dos episódios, vi-me completamente embebido pelo argumento. Sem duvida que via uma boa história, a que me estavam a contar – e isso é muito interessante.

O argumento está bem concebido, apesar de haver coisas um pouco macabras e assustadoras ao poder achar que na vida real possa ter um QB de verdade.

Óbvio que existem algumas gralhas, mas nada é perfeito!

Todos sabemos dos jogos de conspiração, mas ninguém quer dar importância a eles…

Politicamente, a história tem variações, onde se encontra ao centro ou à esquerda. No seu argumento o nosso amigo Red, faz um papel de vilão/salvador incrível. Que não tem piedade em matar, por um lado, mas por outro, a sua compaixão por aqueles que ama é fenomenal.

Não há, nem pode haver, outra explicação para a relação entre RED e Elizabeth: eles são pai e filha!

Num todo, e a esta serie pelas temporadas que já vi, avalio-a em 7.5 pontos, numa escala de zero a dez. É caricato ver a avaliação do site IMDb. 

** Post referente à Terceira season da série

Etiquetas:,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.