O “Tu Bishvat” deste ano

Já noutros anos eu falei sobre este tal ano novo: o das árvores. Se há coisa que eu gosto de celebrar é esta festividade, por me sentir tão identificado com. O “Tu Bishvat” acaba por ser uma das mais singelas festa judaicas, que geralmente acontece entre Janeiro e Fevereiro.

O ano novo das árvores, como já tinha falado em 2017

Este ano, foi um dos primeiros anos que acabei por festejar sozinho… nunca o tinha feito. Geralmente, no “Tu Bishvat” (ט״ו בשבט) eu convidava pessoas para lhes dar a conhecer um pouco da cultura Judaica – onde nesse dia simplesmente jantamos fruta.

Aprendizagem:

Ao longo dos anos, tenho percebido que não posso arrastar outras pessoas a fazer aquilo que eu gosto. No passado, posso afirmar que; fiz com que duas pessoas estudassem hebraico, isto mesmo sem elas gostarem da língua. Hoje, penso um pouco mais, de forma individual. Sei que o caminho, o meu judaísmo, tem que ser feito por mim e não terei ninguém a acompanhar-me (pelo menos por agora). Todavia, devo dizer que foi um um dos jantares mais divertidos que passei sozinho!

Relativamente a esta festa: Tu Bishvat (ט״ו בשבט), este ano, foi e será o primeiro de muitos, que passarei sozinho.

Deixar uma resposta