Subsídio para trabalhadores, para todos os #Xuxalistas

Hoje, mesmo agora, assim mesmo há coisa de dois minutos vi esta notícia: “Subsídio para trabalhadores pobres só chega em 2018“.

Que raio de coisa é esta?

Portugal está pobre, o estado depende cada vez mais de credores, da União Europeia e de terceiros. O estado Português já não tem autonomia, não é auto-suficiente! Mas, recentemente vamos investir?!

Os Metros do Porto e de Lisboa terão 275 milhões para crescer, como conclusão a Rede de metro vai ter mais nove quilómetros até 2020. Depois temos notícias que informam que Portugal tem terceiro maior défice e dívida pública da UE devido ao BanifBruxelas insiste em mais austeridade (como é óbvio, eles só nos vêem a gastar dinheiro). Mesmo assim o governo, quer manter a sua geringonça, mas para isso o The First diminui as horas de trabalho na função publica e ainda fez a reposição salarial de mais 25% na função pública a partir de quarta-feira.

Das duas uma…

O portugal deve estar cheio da dinheiro, ou os políticos Chuchalistas Portugueses encontraram um pote de ouro algures perdido no parlamento.

Em outras partes do globo vozes se levantam e dizem que “A austeridade foi um fracasso para Portugal” e Bruxelas sublinha “Subida do salário mínimo agrava desemprego de longa duração“, mas eles não percebem nada! Apoios sociais implicam aumento de 1760 milhões na despesa. Eu temo por este Portugal, temo por este povo… temo pelo governo e pela sua governação.

No entanto, se a coisa der certo eu vou ficar muito espantado, mas cheira-me ai umas medidas mais austeres que as anteriores, as do Pedrinho.

Até lá, os falidos do costume assinam declaração contra austeridade na Europa... enquanto isso, as bolotas são dadas aos trabalhadores que gastam mal os seus rendimentos. Falo daqueles que são os pobrezinhos, no fundo é para para os tornar dependentes e agarrar-lhes o voto aos Chuchalistas.

Crise, mais crise, mais crise e no fundo pobreza e engordamento do estado e dos tachos políticos.