32 anos… ainda estamos em Covid-19

Perguntei mais que uma vez, à quem me atura, quantos anos iria fazer. Em resposta, redundante, divertida e bem sublinhada; disse-me que, se nasci num ano par, este ano, teria que fazer em número par.

Obrigado Nelson!

Vamos lá… nos 31 não primou o crescimento, o fazer novas coisas e evoluir religiosamente. Na primeira metade ainda consegui fazer algumas coisas interessantes: completei a colecção de livros sobre a Kaballah, tive conversas interessantes e a nível de trabalho passei a efectivo (não se foi bom, mas ganhei regalias).


Quando 2020 chegou, tudo acabou. #Fiquememcasa, #Covid-19…

Estava de férias quando entrámos em estado de emergência. Não sai de casa por nada deste mundo, sempre fui muito cumpridor… e ao mesmo tempo, muito critico de tudo o que se estava a passar.

Também tenho de admitir que acabei por engordar o que não devia!


Mesmo que, ainda estejamos em Covid-19, e os casos na Amadora estarem em subir a pique, acredito que até ao final do ano eu consiga, pelo menos, terminar todas as histórias que ainda tenho por fazer.

Covid-19 veio para ficar… pelo menos até que chegue uma boa vacina!

Cheira-me que os 32 trarão uma nova etapa em para rever histórias antigas e arrumar matérias que tenho no computador.