Dark Light

Se há coisa que eu desprezo é o natal; uma época festiva onde as pessoas são consumistas até dizer basta, só pensam nelas e naquilo que tem de comprar aos outros porque sim.

Para mim o natal é simplesmente o festejo do aniversario da minha mãe… mais nada!

No meu caso, geralmente no Natal, passa-se em família, mas se o Criador permitir a narrativa irá começar a mudar. Este ano acabei por ter de passar com a minha família de “sangue“, pois o Nelson está a trabalhar até às 23 horas, mas amanhã irei passar com a família que me foi oferecida por dadiva do Criador, sem eu sequer pedir e essa é a minha prenda deste ano!

Ainda o dia 24 se faz avistar um natal por nascer e eu já estou farto de ouvir o meu pai odioso a falar de forma rancorosa sobre determinado assunto. No caso, à baila, vem sempre o mesmo tema: o seu odio de estimação perante o mundo e a comunidade. O facto de haverem barrigas de aluguer ou de homossexuais a querem-se casar.

Se alguma vez eu decidir adotar ou usufruir de uma barriga de aluguer, ele nunca irá conhecer o seu neto!

Por enquanto ainda tenho que passar o Natal com esta família, mas num futuro espero que isso deixe de se tornar uma realidade… só fico triste pela minha mãe, que efetivamente não merece o marido que tem e muito menos este meu afastamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts