Crença versus Respeito

Acreditar em algo é bom… o problema é obrigar o outro a acreditar na mesma coisa.

A minha crença, só faz sentido para mim! 
Sigo as bases de muitos, mas o caminho é meu
A conexão com o Eterno é pessoal.
O caminho, a luta, a aprendizagem é minha.

Desabafo:

Neste momento posso dizer que em família, sou constantemente suprimido àquilo que acredito. Hoje até ponderei, a caminho do trabalho, se o melhor não seria afastar-me.

Quando os meus pais convidam-me a jantar em casa deles, estou constantemente a ser “envenenado” com maus preceitos. No fundo é como se me “obrigassem” a deixar os meus credos e passasse a acreditar noutros já conhecidos.


Respeitar a crença do outro é algo que fui aprendendo durante o tempo. Posso dizer que; no meio evangélico, onde nasci, isso não é respeitado nem a 1%.

Crença ou Respeito?!

Entre crença versus respeito, opto pelo respeito. Sou amante da liberdade, e respeitar o teu próximo é, ao mesmo tempo, tentar perceber a tua liberdade. Prefiro uma crença livre que uma condicionadora.

Começa a ser incomodativo, admito que talvez longe estarei melhor… assim como era no Porto e só vinha a Lisboa uma vez por mês.