Criar dependência ao estado

Não há nada melhor que fazer com que as pessoas dependam do estado.

Neste post eu podia falar de direita vs esquerda. De governos colectivistas ou individualistas. Podia falar de um monte de coisas, porém  quero olhar para este tema: a dependência do cidadão para com o estado.

Em certos estados conseguimos encontrar como se fabrica dependência ao estado. Um exemplo seria a Bolsa Família, no Brasil. Num caso Português, podia ser o Rendimento mínimo Social.

Estas ajudas estatais criam na sociedade uma classe dependente.

Se pensar-mos de uma forma política esta dependência é excelente, pois ela garante votos e apoio aos partidos mais populistas. É, a meu ver, uma das melhores estratégias. Se nós queremos nos impor perante outras pessoas, nada melhor que fazer delas dependentes de nós.

Se um estado gasta rios de dinheiros com o social, irá criar pendência social. As pessoas olharam para o estado como algo bom, quando em suma ele só nos fará ficar mais dependentes da máquina. Ser dependente é mau, pois não nos deixa lutar. Faz com que a pessoa, dependente, se encontre numa perspectiva comodista.

 A dependência prende-nos e limita a nossa liberdade.

Tenho lido comentários de gente dependente, que tem necessidade da esmola do estado. É triste, mas eu ainda acredito em Portugal. Até quanto?