O factor venda numa entrevista | Gerson Ingrês

by gersoningres
1 ano ago
34 Views

Uma entrevista é composta por magia e arte.

As entrevistas são as alturas mais importantes para admissão de um trabalhador, para um futuro trabalho. O candidato chega à sala onde dá o seu nome, indicando que quer falar com pessoa X.

Depois de dar o nome e marcar presença, o candidato aguarda na suposta sala de espera. Geralmente a espera é uma eternidade. O que é um ponto negativo para a empresa.

Primeiro ponto: É quem deve aguardar? 
O candidato ou o entrevistador?

Em portugal quem deve aguardar é o candidato, o que está errado, pois nenhum devia aguardar. O facto de fazer aguardar só demonstra a incompetência dessa pessoa (falando no aspecto profissional).

Na entrevista em si, o entrevistado dá-se a conhecer ao entrevistador. Geralmente existem pessoas que dizem absoluta verdade, essas acabam por não ser classificadas. No entanto o Tuga adora conhecer lados surreais. Dessa forma, os que conseguem o lugar são: pessoas bonitas, ou pessoas criativas em imaginação narrativa.

Em conclusão da entrevista, o entrevistador dá a conhecer o trabalho. Geralmente a empresa é muito exigente. Pede mundos e fundos e ainda tem a lata de indicar que paga o ordenado mínimo ou cinquenta euros a mais que ordenado mínimo.

Esta é a realidade portuguesa, onde o trabalhador gosta de ser desvalorizado e o contratante deseja enganar pessoas sem quaisquer escrúpulos.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.