Dark Light

Geralmente as coisas são transparentes, nós é que esquecemo-nos que o nosso corpo envelhece. Devido a esse envelhecimento precisamos mudar de lentes. Com novas lentes, vemos o mundo, descobrimos que as coisas não são como pensávamos. 

Não quero falar muito, nem tão pouco dizer muito: blá, blá de explicações.

As pessoas, por vezes, demonstram aquilo que nós não quisemos ver durante muito tempo. No fundo elas são e serão sempre aquilo que vimos, mas o nosso cérebro quis dar outra interpretação. Obviamente que com o passar do tempo as coisas vão se alterando, as pessoas vão amadurecendo e ficando cada vez mais pacientes.

Neste momento sinto-me assim, um pouco mais paciente em relação há uns anos. Sinto-me distante, sinto-me que me consigo fechar no meu mundo como nunca antes consegui. Consigo fechar a boca e não abri-la mais. Talvez consiga fazê-lo porque o meu passado ensinou a sê-lo.

Não vou entrar em grandes pormenores. Digo ainda bem, ainda bem que tudo aconteceu como aconteceu. Ainda bem que demorou o tempo que demorou, ainda bem que aprendi o que aprendi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts