Os super ecologistas do Facebook | Gerson Ingrês

by gersoningres
2 anos ago
49 Views

A Ecologia é a ciência que estuda o meio ambiente e os seres vivos que vivem nele,ou seja, é o estudo científico da distribuição e abundância dos seres vivos e das interacções que determinam a sua distribuição.

Como eu amo aqueles tipos que são os suprassumo da ecologia nacional e global. Sim, eu estou a falar daqueles tipos que postam tudo o que vêm sobre animais ou coisas a serem destruídas pela mão humana. Todos sabemos que o ser humano é mau, ele manipula, ele faz chantagem, ele é vingativo e egoísta, não aceita outras culturas e credos, …. mas ele também pode ser bom.

Alguém conhece algum super ecologista? Estou a falar daquele que consegue chegar à incongruência do: por isso é que eu prefiro lidar com animais.

Meus amigos… eu não quero escrever nada muito atómico, se não ainda acontece como o outro do Eixo do Mal, que fartou-se, a dada altura, de receber cartas de pessoas que o queriam “matar” em praça pública, porque ele disse X ou Y dos animais.

De uma forma sucinta, eu gosto de animais, mas acima de tudo gosto um pouco mais de pessoas (sou uma pessoa porra).

Não sou extremista, como algumas ideologias do PAN, apesar de achar bem que eles existam no parlamento. Eu também não sou extremista como o pessoal do veganismo, que não come carne e ponto final!

Por alguma razão o homem é omnívoro e, por alguma razão, comemos de carne vs vegetais.

Animais omnívoros são aqueles que se alimentam de fonte vegetal e animal, ou seja, um omnívoros apresenta uma dieta bem variada.

Uma critica:

Geralmente a mais protectora dos animais, é aquela que na retaguarda já fez alguma coisa de mal a algum. Quando uma pessoa mostra-se muito como super qualquer coisa, em qualquer rede social ou no quotidiano, é porque não o é. No fundo essa pessoa vai interiorizar-se a ela mesma em algo que nunca foi.

Por isso é que eu amo aqueles “super ecologistas” e os super qualquer coisa, que não sabem falar de outro tema se não dos animais. Chegam a ser congruentes e incapazes de não saber enquadrar o homem e o seu papel no mundo.

Esse tipo de personagens põe o homem a um nível mais rude, onde só vêm negatividade. Em relação aos animais de rua. Eles são capazes de lhes dar comer, mas a um pobre prestes a morrer à fome não.

 

Etiquetas:, , ,

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.