Dark Light

Hoje fui surpreendido no Whatsapp por uma antiga amiga minha, ou poderei dizer a minha ex melhor amiga (se é que podemos chamar assim). Ela enviou-me uma foto nossa bastante saudosista onde nós os dois estávamos bem colados um no outro, de sorriso estampado e onde atrás de nós adormecia a maravilhosa Vila Nova de Gaia.

Uma ida à invicta que, para ser preciso, ocorreu em Agosto de 2016. Talvez tenha sido a penúltima vez que fui ao Porto, pois agora com toda a situação pandémica os passeios ficaram em águas de bacalhau. Eu amo ir ao Porto, ganhei o gosto da cidade quando lá vivi e tenho pena que tenha morado na rua das Doze Casas por apenas 7 meses.

Fomos quatro pessoas, eu, a ex amiga Débora, a Nárnia e um tipo que naquela altura o chamava de Driko. Só me chateia, no meio de toda a história… o facto de ter adormecido com o tipo, o Driko, a dizer constantemente que a Débora era porca e não fazia nada lá em casa na estadia do Porto. Eu naquele tempo, devia de ter feito o que fiz anos mais tarde, mandar esse tipo com os porcos. Não devia de tê-lo deixado falar mal dos meus amigos atrás e à frente vê-lo a ser a pessoa mais afável de todas.

Devo admitir que tenho saudades, não daquele tempo, mas de algumas situações que passei com a minha ex melhor amiga. E, vendo agora, chateia-me o facto dessa melhor amiga ter deixado de ser a minha amiga de infância e passado a ser a grande amiga do outro que lhe intitulava de porca e calona.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts