As minhas actualizações políticas sobre vários assuntos | Gerson Ingrês

by gersoningres
2 anos ago
64 Views

Geralmente a segunda-feira é um dia especial, pois ela é vista como “o dia da actualização politica“. Antes de falar do porquê dessa actualização, devo falar o porquê de ser a uma segunda-feira.

Para quem trabalha, ou até mesmo para aqueles que andam na escola, o sentimento deve ser o mesmo… Quem não sente, à segunda-feira, uma sensação de ressaca pós-fim-de-semana que só acaba às dezoito horas?

* Quanto a mim, essa ressaca é forte. *

Bendito sejas tu ó Youtube, por existires. Benditos são os teus criadores e aqueles que fazem upload das coisas que ouço lá.

Em suma; este é o meu dia para a actualização especial. Guardo os programas que passaram na semana anterior e acabo por ouvi-los no Youtube, em vez de vê-los na televisão (não tenho paciência para televisão portuguesa).

Faço sempre esta típica actualização de conteúdos na parte da tarde do dia. Dessa forma não adormeço, apesar dos discursos enfadonhos e melancólicos dos oradores.

Nesta Segunda-Feira

Hoje comecei pelo programa:

  • Quadratura do Circulo – é um programa dos “velhinhos” socialistas, senhores da vanguarda que comentam assuntos da ocorrências num Portugal socialista (vou deixar de bater no ceguinho do liberalismo).
  • Eixo do Mal – estamos a falar de um programa onde um dos comentadores é um marxista/trotskismo que não deixa falar ninguém (síndrome de fascismo ou estrema esquerda), outro que é um senhor saltitante. Uma outra, senhora que admiro, mas que por vezes diz coisas e coisas… e um rapaz que é “tipo liberal“, mas nas intervenções gagueja e é sistematicamente interrompido pelos seus camaradas. (está la para dar a cara e a voz quando calha)

Por fim…

  • Governo de Sombra – Um programa que inicialmente odiava, mas que rapidamente passei a gostar (a politica em portugal tem mesmo que ser levada no gozo). Em termos de comentadores, só quero falar de um que eu pessoalmente odeio. O meu afecto pelo seu humor não é o  mais agressivo, estou a falar do humorista, comuna e senhor verde (rapaz multi usos), que rapidamente perde os seus argumentos quando o “enguerraçado” liberal contra-argumenta.

Todo este post para dizer que: “Não há mais nada de jeito para se ouvir, neste país sem fundo…

Etiquetas:, , ,

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.