Dark Light

Dentro daquilo que conheço do judaísmo e Cabala, posso afirmar que os números tem um peso bastante importante. Até mesmo no alfabeto hebraico, que conseguimos fazer corresponder a cada letra um seu número. Nas palavras conseguimos retirar-lhe a sua força (Coach) e assim se brinca em relação à numerologia e ao hebraico.

Na cabala, até hoje aprendi que não existem números negativos ou positivos, cada numero tem a sua energia. Não se olha para o número 13 como azar, pois isso faz parte da cultura católica.

Os significados dos números na Cabala derivam nos primeiros sete dias da Criação descritos na Torah. Um período de sete dias que foi artificialmente dividido, não tendo correlação com eventos astronómicos, ao contrário de outros períodos como um dia, um mês ou um ano.


Número 1

5E Deus chamou à luz Dia e à escuridão chamou Noite. E foi tarde e foi manhã, dia um.

Bereshit (Gênesis) – Torah

Número que simboliza D-us e a sua criação. Identifica pessoas líderes por natureza e que não têm medo de ariscar.

Número 2

7E Deus fez o firmamento e separou entre as águas debaixo do firmamento e as águas de cima do firmamento, e assim foi. 8E Deus chamou ao firmamento Céus. E foi tarde e foi manhã, segundo dia.

Bereshit (Gênesis) – Torah

Equilíbrio, prosperidade e harmonia, estão relacionados com o número dois. Identifica pessoas pacificadoras, diplomatas e que são excelentes na convivência.

Número 3

12E produziu a terra relva – erva que dá semente de sua espécie – e árvore que dá fruto, que contém sua semente, segundo sua espécie, e Deus viu que era bom. 13E foi tarde e foi manhã, terceiro dia.

Bereshit (Gênesis) – Torah

Por ser a primeira vez que aparece a afirmação “e Deus viu que era bom”, o número eleva-se a uma perfeição divina. Identifica pessoas criativas e bastante comunicativas.

Número 4

16E Deus fez os dois grandes luzeiros – o luzeiro maior para governar o dia, e o luzeiro menor para governar a noite, e as estrelas. 17E Deus os colocou no firmamento dos céus para iluminar sobre a terra, 18para governar de dia e de noite e para separar entre a luz e a escuridão, e Deus viu que era bom. 19E foi tarde e foi manhã, quarto dia.

Bereshit (Gênesis) 1:16-19 – Torah

Os astros e as energias são criadas, existe cosmos e todo o universo se envolve. Identifica pessoas que praticam o bem, que trazem estabilidade e segurança. O número acompanha as quatro estações do ano e os quatro elementos.

Número 5

22Então Deus os abençoou, dizendo: “Frutificai, multiplicai-vos e enchei as águas dos mares, e que a ave se multiplique na terra!” 23E foi tarde e foi manhã, quinto dia.

Bereshit (Gênesis) 1:22-23 – Torah

Criação dos seres dos mares e os ares, não havendo limite para onde o indivíduo possa estar. Liberdade plena. Identifica pessoas gostem da mudança, crescimento e aventura. Símbolo de mudança.

Número 6

29E Deus disse: “Eis que vos tenho dado toda erva que dá semente que está sobre a face de toda a terra, e toda árvore em que há fruto de árvore que dê semente; a vós será para comer. 30E para todo animal da terra, para toda ave dos céus e para todo que se arrasta sobre a terra – em que haja alma viva -, toda verdura de erva será para comer”, e assim foi. 31E Deus viu tudo o que fez e eis que era muito bom. E foi tarde e foi manhã, o sexto dia.

Bereshit (Gênesis) 1:29-31 – Torah

Durante a criação de Adão e Eva, Deus estabelece a família, dessa forma o número 6 está ligado com esses laços. Criação dos animais e toda a harmonia envolvente. Identifica pessoas justas, responsáveis e que dão valor ao amor, equilíbrio e honestidade.


Número 7

1E assim foram acabados os céus, a terra e todo seu exército, 2e Deus terminou no sétimodia toda a obra que fez e cessou de fazê-la no sétimodia. 3E Deus abençoou o sétimodia e santificou-o, porque nele cessou toda Sua obra, que Deus criara para fazer.

Bereshit (Gênesis) 2:1-3 – Torah

Número de grande espiritualidade, representa os 7 dias da semana ou as 7 cores do arco-íris. Este é um algarismo que vibra na perfeição, misticismo e na boa sorte. Identifica pessoas que procuram o seu auto-conhecimento, sabedoria e paz.

Número 8

Este acaba por ser o primeiro dia após a Criação, como está tudo criado por D-us. Também, na tradição judaica, o Brit Milah, circuncisão, é feita ao oitavo dia após o nascimento.

11E circuncidareis a carne do vosso prepúcio, e isto será o sinal da aliança entre Mim e Vós. 12Com oito dias de idade será circuncidado todo o homem entre vós, em vossas gerações: o (escravo) nascido em tua casa, e comprado por tua prata; e será Minha aliança em vossa carne, para uma aliança eterna.

Bereshit (Gênesis) 17:11-12 – Torah

Simboliza vitória, força e o poder. Identifica pessoas que irão dominar riqueza material, têm garra e perseverança.

Número 9

Maior número de um dígito. Representa a humanidade, generosidade e a solidariedade. Falando a nível matemático, este é um número que pode multiplicar sem se desvanecer e pode somar sem aparecer. Identifica pessoas com compaixão, empatia e fraternidade pura. Em suma; é a espiritualidade e a experiência de todos os números anteriores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *